Berlinale 2018 - Culinary Cinema

Culinary Cinema

COMIDA E CINEMA

por Henrique Cury

Estes dois assuntos que amamos tanto estão reunidos na “Culinary Cinema”, mostra que aconteceu no Festival de Berlim sob o tema "Life is Delicate". E, claro, conversamos com exclusividade com Tomas Struck, curador do evento, que está em sua 12 ª edição .


Em um jantar depois de uma sessão de filme de Singapura, ele contou ao Cinema na Mesa que documentários focados em comida, chefs e alimentos --e também em temas mais densos, como a indústria, desflorestamento e sobrepesca-- estão ganhando peso no circuito. Neste ano, foram exibidos oito documentários no “Culinary Cinema”, além de um filme de ficção sobre comida.


Struck também disse que quer experimentar um formato semelhante ao do Cinema da Mesa em Berlim, unindo jantar e discussão sobre filmes. “É a noite perfeita. Era o que costumávamos fazer: a gente assistia um filme e depois saía para comer e falar sobre ele. E era aí que você achava as coisas mais interessantes”, diz.


Faz sentido, já que para Struck a experiência do gosto comanda muitos aspectos da vida, servindo de espinha dorsal para a existência humana e para nosso comportamento social. “Comemos para lembrar e bebemos para esquecer”.


Para acompanhar a conversa, Struck sugeriu abrir uma garrafa de vinho brasileiro ... e falar sobre a produção do cineasta americano Jonathan Nossiter, que já morou no Brasil, e produziu os filmes “Mondovino” e “Natural Resistance”, sobre a indústria de vinhos no mundo. Outros dois assuntos que gostamos muito.


Juliana Sabbag